21 MAI

  • Por Marcelina Liberato

O aplicativo da Ordem dos Peritos do Brasil – OPERB está de cara nova e com mais informações.

A OPERB atualizou seu aplicativo que agora recebe o nome de “Banco de Peritos OPERB” e continua disponível nos formatos Android e IOS. A nova versão, além de permitir que os usuários encontrem profissionais qualificados em Perícia Judicial das mais diversas áreas, dá acesso às notícias, novidades e alertas relativas ao âmbito da ciência forense, datas e locais dos próximos cursos oferecidos da OPERB e de seus parceiros e muito mais.

De acordo com aVice-presidente da Ordem dos Peritos do Brasil, Beatriz Monteiro, o aplicativo está ainda mais interativo e fácil de utilizar. “O banco de dados de Peritos da OPERB é uma ferramenta que auxilia advogados, juízes, empresas e todos que querem ter acesso à profissionais sérios e comprometidos com os trabalhos e resultados desta ciência que tem sido cada vez mais solicitada por seu eficiente auxílio na resolução de situação de casos forenses nos mais diferentes âmbitos ou questões”, esclarece Beatriz.

Ferramentas de busca de profissionais e outros estão sendo utilizadas com mais frequência, a cada dia em todo o mundo, por sua eficiência e facilidade. No entanto, o Presidente da OPERB, Valter Diogo Muniz, faz um alerta de que é preciso ter muito cuidado ao cadastrar-se em sites, aplicativos e outros. “Infelizmente, há muitos casos de cadastro de pessoas e profissionais que vão em busca de divulgação e oportunidade e acabam envolvendo-se em ciladas que têm por objetivos formar bancos de dados para uso indevido de informações e outros crimes”, adverte Valter.

O presidente da OPERB aconselha que, “antes de fazer qualquer cadastro ou curso, pesquise sobre as instituições, empresas e profissionais que estão por traz destes anúncios. Há muitos falsários no mercado”, reforça o presidente. Ele completa garantido que “A OPERB é uma instituição séria, que trabalha com profissionais devidamente qualificados e está sempre atenta às necessidades e tendências da esfera forense, de modo a oferecer qualificação de qualidade e profissionais verdadeiramente engajados e responsáveis nas áreas que escolheram para atuar como Peritos Judiciais e Assistentes Técnicos”, finaliza o perito em gemologia, Valter Diogo Muniz.